Prefeitura de Guaçuí
search

Mais de 400 gaiolas destruídas em praça de Guaçuí

A ação foi realizada na manhã desta quarta-feira, numa parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e a Polícia Ambiental

A ação aconteceu na Praça da Igreja Matriz, no centro da cidade, e foram destruídas 417 gaiolas e 27 armadilhas. (Divulgação PMG)
A ação aconteceu na Praça da Igreja Matriz, no centro da cidade, e foram destruídas 417 gaiolas e 27 armadilhas. (Divulgação PMG)

Publicado em 05/12/2018 as 16:00 (Atualizado em 12/12/2018 as 19:58), postado por Comunicação Guaçuí , Fonte: Meio Ambiente Guaçuí

Uma ação que se pode dizer virou tradição em Guaçuí. Mais uma vez foi realizada a destruição de gaiolas e armadilhas (conhecidas como alçapão) em praça pública. A iniciativa, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (5), dá continuidade ao trabalho de educação ambiental, iniciado no mês de junho, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), que vem trabalhando o tema “Animais Silvestres: preservar é responsabilidade de todos”.

Como de outra vez, a ação aconteceu na Praça da Igreja Matriz, no centro da cidade, e foram destruídas 417 gaiolas e 27 armadilhas, numa parceria da Polícia Militar Ambiental que atua na região do Caparaó e é responsável direta pelas apreensões de pássaros silvestres mantidos em cativeiro de forma irregular. A iniciativa contou com a presença de 250 alunos, com idades entre 6 a 17 anos, da Escola Municipal São Geraldo, Escola Estadual Antônio Carneiro Ribeiro e Programa AABB Comunidade.

A ação foi aberta pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Roberto Martins, que lembrou as duas solturas de animais silvestres realizadas no município, totalizando 211 animais, em sua grande maioria aves, com o apoio do Centro de Reintrodução de Animais Selvagens (Cereias), Ibama e Polícia Ambiental. Além da destruição de cerca de 200 gaiolas e armadilhas que abriu a semana do Meio Ambiente, no último mês de junho. “Hoje, estamos dando continuidade a esse fundamental trabalho de educação ambiental, quando envolvemos 250 jovens na destruição de mais de 400 gaiolas, chamando a atenção para esse crime, infelizmente, ainda tão praticado, que é capturar e manter animais silvestres em cativeiro”, enfatizou Martins.

Antes da destruição de todas as gaiolas e armadilhas, o secretário destacou que o tráfico de animais é a terceira maior atividade ilícita no mundo, perdendo apenas para o tráfico de drogas e de armas e que, no Espírito Santo, existem 198 espécies em risco de extinção. Ele ainda pontuou que a região do Caparaó é local de grande trajeto do tráfico de animais. “Algumas espécies estão em risco crítico, como a onça pintada, e precisamos nos conscientizar que os animais são muito importantes para o equilíbrio ecológico”, finalizou. Ao final, as gaiolas foram destruídas por uma retroescavadeira sob o olhar atento e muitas palmas dos presentes.

O evento contou ainda com a presença de várias autoridades e personalidades, dentre elas a prefeita municipal Vera Costa, o presidente da Câmara Municipal, Paulinho do Vitalino, os vereadores Lissinho Moreira, e Laudinho Neto, além dos secretários municipais de Saúde, Marcio Clayton, de Agricultura, Edielson de Souza, de Cultura, Esportes e Turismo, Leonardo Ridolfi, a equipe da Superintendência de Comunicação, o comandante do Corpo de Bombeiros de Guaçuí, capitão Heitor Lube, o comandante da Polícia Ambiental na região do Caparaó, tenente Ailton Nunes, Padre Pedro, a comendadora Maria Madalena Emery de Carvalho, o presidente da Associação Comercial de Guaçuí (Acisg), Fernando Rangel, e muitos professores, policiais militares, presidentes de associações de moradores, funcionários da Prefeitura, SAAE e outros convidados.

Importante saber

Os pássaros na natureza se alimentam com larvas de lagartas, controlando a população de insetos na natureza que são prejudiciais às frutas, verduras e plantas em geral. Também auxiliam na polinização das plantas, disseminando sementes.

As aves são o termômetro da condição ambiental da região. Quando uma ave comum em determinada região aparece em outro lugar é o indício de que algo está errado. Pode ser que a região de origem esteja desmatada demais ou está acontecendo qualquer outra alteração ambiental que precisa ser pesquisada.

Informações para a imprensa
Superintendência de Imprensa Oficial

(28) 3553-1387

Marcos Freire

comunicacao@guacui.es.gov.br

www.guacui.es.gov.br

www.facebook.com.br/prefeituradeguacui

www.youtube.com/prefeituradeguacui

www.twitter.com/guacui_gov

FOTOS



MAIS NOTICIAS
Semmam reentrega caminhão da Coleta Seletiva para a Aguasmar

há 2 dias

Semmam reentrega caminhão da Coleta Seletiva para a Aguasmar

A solenidade aconteceu na Praça da Igreja Matriz, na tarde desta segunda-feira (10), com a presença de autoridades e alunos de três escolas do município


Meio Ambiente desenvolve parceria com moradores do Horto Florestal

há 9 dias

Meio Ambiente desenvolve parceria com moradores do Horto Florestal

A parceria visa o plantio de árvores e plantas ornamentais, que já estão sendo preparadas, pelas ruas e residências do bairro


PEV deve ser usado apenas para coleta de lixo reciclável

há 36 dias

PEV deve ser usado apenas para coleta de lixo reciclável

Associação de Catadores têm encontrado todo tipo de lixo em alguns PEVs instalados pelo município para coleta específica de resíduos recicláveis


Equipe da Semmam visita I Mostra do Conhecimento em escola de Guaçuí

há 41 dias

Equipe da Semmam visita I Mostra do Conhecimento em escola de Guaçuí

O evento começou pela manhã do último dia 29/10, com passeata e apresentações de música, teatro e dança, com atrações previstas até esta quinta-feira (1º).


Meio Ambiente realiza manutenção de plantas ornamentais

há 63 dias

Meio Ambiente realiza manutenção de plantas ornamentais

Plantas ornamentais estão recebendo manutenção, com podas e escoras, nos vários canteiros do centro da cidade


Semmam enumera objetos curiosos encontrados pelos voluntários nas ações de limpeza

há 83 dias

Semmam enumera objetos curiosos encontrados pelos voluntários nas ações de limpeza

Os objetos foram recolhidos às margens do Rio que corta a cidade.


Semana do "Dia Mundial da Limpeza" termina com mais de 100 toneladas de lixo recolhidos em Guaçuí

há 86 dias

Semana do "Dia Mundial da Limpeza" termina com mais de 100 toneladas de lixo recolhidos em Guaçuí

A ação foi promovida pela prefeitura municipal e contou com a união das secretarias de Meio Ambiente, Educação, Obras, Agricultura e Saúde e muitos voluntários.


Mais de 340 alunos participam de novas ações do Dia Mundial da Limpeza nesta quarta-feira

há 91 dias

Mais de 340 alunos participam de novas ações do Dia Mundial da Limpeza nesta quarta-feira

A ação está mobilizando 10 escolas, uma faculdade, clubes de serviços e muitos outros voluntários.


Começam atividades do Dia Mundial da Limpeza em Guaçuí

há 93 dias

Começam atividades do Dia Mundial da Limpeza em Guaçuí

As ações vão seguir até sábado, 15, quando o World Clean Up Day (Dia Mundial da Limpeza) acontece em 150 países


Ações do World Clean Up Day começam nesta segunda em Guaçuí

há 97 dias

Ações do World Clean Up Day começam nesta segunda em Guaçuí

As ações em Guaçuí vão começar na segunda e se estender até sábado, 15, Dia Mundial da Limpeza


Secretaria de Meio Ambiente usa inseticida natural em plantas da cidade

há 110 dias

Secretaria de Meio Ambiente usa inseticida natural em plantas da cidade

A Semmam está utilizando inseticida a base de fumo nas espirradeiras existentes no centro de Guaçuí


Azaleias dão colorido especial para ruas de Guaçuí

há 112 dias

Azaleias dão colorido especial para ruas de Guaçuí

Esse colorido está sendo conseguido com a participação dos moradores na manutenção das plantas


Aguarde, enviando dados!

clear